Naked Cake sem pudor!

Antes de seguirmos por mais um destino com a minha – e nossa – querida, Paula, gostaria de dizer que sim, estou em falta por aqui, mas, como tudo na vida, estou passando por pequenas e, diga-se de passagem, positivas mudanças que, por enquanto, prefiro as guardar como um segredo.. Um segredo tão bom que está difícil manter a boca fechada, mas, óbvio, dividirei com vocês tintim por tintim no momento certo!

Post | Naked Cake - Teste

Adoro bolo. Se eu fosse contar nos dedos das mãos quantas “lojas de bolos” já ganharam meu coração – ou melhor, me conquistaram pela barriga –, com certeza faltariam dedos! Acho uma fofura e dou maior valor aos artistas que conseguem fazer maravilhas em forma de bolo com o uso impecável de pasta americana, mas, confesso, que aprovei, adorei e não vejo a hora de encomendar a nova tendência em festas e casamentos – sim, em casamentos! – que, vinda da Inglaterra e dos Estados Unidos, desembarcou no Brasil. No mundo bolístico, o que está com tudo agora são os naked cakes que, como o próprio nome diz, a pasta americana ou o glacê são deixados de lado e apenas o “corpo” do bolo fica aparente.

Na decoração, apenas o básico, umas frutas frescas aqui, umas flores lá e o açúcar de confeiteiro é o grand finale.

Post | Naked Cake - Honey Cakes

Lembre-se que ao optar por um naked cake é necessário que o bolo combine com a festa, ou seja, festas clássicas – uma festa de casamento super elaborada, por exemplo – quase exigem a pasta americana, mas uma festa ao ar livre casa perfeitamente com o bolo “pelado”.

Está aqui uma opção totalmente inovadora e, além de tudo, o naked cake é menos calórico!

foto-1

Viva o pão de ló intercalado com fartas doses de recheio!

Beijos, Dani Germano!

Anúncios

Alguns detalhes do casamento de Adam Shulman e Anne Hathaway

Anne que já havia revelado que estava ansiosa para se casar e ter filhos, finalmente, subiu ao altar com seu noivo, Adam, no último domingo, 30 de setembro. A festa super privateforam apenas 150 c0nvidados. Celebridades e imprensa não fizeram parte! – foi realizada ao ar livre na região de Big Sur, Califa.

O traje usado pela atriz foi um vestido criado por Valentino feito de renda e detalhes bordados. A atriz optou por não usar joias e completar o look com um “véu-headband” inspirado nos anos 20.

Quanto ao menu, foi o mesmo da festa de noivado, vegano, ou seja, bem light!

Os arranjos de flores usados na decoração custaram mais de 200 mil reais e a música ficou por conta do trio de jazz Americano Social Club.

O que vocês acharam do vestido da Anne? Casariam com o mesmo modelo? Eu achei lindo, lindo! Anne estava uma princesa! Aliás, acho o decote ombro a ombro maravilhoso para noivas. Só não gostei muito da parte da cabeça, talvez por causa das fotos em baixíssima resolução já que foram tiradas por algum paparazzi espertinho de dentro de um helicóptero. Mas de qualquer forma achei  Anne maravilhosa!

Dúvida de Leitora – Plus Size: Vestido de Festa

Recebemos mais um pedido de help e cá estou eu!

Lembram que a primeira leitora a participar do “Dúvida de Leitora” foi a Carol? Então, ela conferiu o post que preparamos, mostrou a sua mãe e ela também quis um help, aliás, por quê não, né?!

Vamos lá:

Meninaaaaaaaaaas, adorei a ideia!! Amanhã mesmo vou sair caçando meu vestido!  Amei o post de vocês, mostrei a minha mãe e ela gostou tanto que queria uma ajudinha tb, ela n vai ser madrinha, mas quer arrazar haha, ela modelo plus size, rs, branquinha e não mt alta.. só que queria uma produção sem os maxi.. acha exagero por ela ser cheinha, será que vcs podem me ajudar novamente? Rs, beijos mil e A-M-E-I o post!!!

Primeiramente, Carol, fiquei muito feliz que você tenha amado o post e, claro, mais ainda de poder (tentar) ajudar a sua mamis ♥!

Enfim, vamos ao que interessa, sei que míseros pesinhos a mais são suficientes para dar insegurança a qualquer mulher e, claro, isso acaba sendo péssimo na hora de se vestir. Um erro comum e quase óbvio é se esconder por baixo das roupas! Mas, acreditem, o ideal é valorizar os pontos fortes do corpo, um exemplo são as peças que ajudam a afinar a silhueta. Além disso, não é preciso ser magra para se vestir bem! 

Esse pedido de help me fez lembrar que no começo desse ano, o estilista Arthur Caliman, especializado em moda festa, lançou uma coleção contando com uma linha Plus Size. Os vestidos apresentados eram extremamente elegantes e femininos, com diversas opções de cor e estampa, além disso, o estilista foi bem democrático já que criou modelos bem joviais e despojados, sérios e mais fechados, ou seja, para todos os tipos de corpo e de gosto, valorizando a beleza das grandes mulheres!

Vamos as fotos:

Eu particularmente adoro usar longo em casamentos, mesmo que não seja madrinha, mas caso esse não seja o seu caso..

As lojas Arthur Caliman ficam em São Paulo e no Paraná, mas no Rio de Janeiro, é possível encontrar os vestidos do estilista na Hedy Design (Rua Visconde de Pirajá, 550 – Loja 212) e na Unique (Av. das Américas, 4666 – Loja 132D).

A cintura marcada em vestidos com a parte debaixo levemente ampla funciona bem já que torna possível disfarçar a barriga saliente. Os drapeados verticais dão o mesmo efeito! Mulheres acima do peso devem evitar vestidos que mostrem as coxas, enquanto as que não gostam de mostrar os braços, devem apostar em vestidos com mangas ou em boleros.

Um exemplo de plus size que se veste maravilhosamente bem é a cantora britânica Adele. Aliás, quem não se apaixonou por um look da Adele ainda, que atire a primeira pedra!

 

Me empolguei e acabei criando um manual (posso chamar assim?) com 4 dicas para não errar:

Espero que tenha gostado, Janete! 🙂

E quem quiser participar, já sabe, né?!

Dúvida de Leitora: Maxi Colar + Look Festa

Acabamos de receber um pedido de help e adoramos tanto que decidimos abrir uma nova “aba” por aqui!

E.. Tcharãn.. É com muito prazer que darei início ao:

Onde darei o meu máximo para solucionar a dúvida de vocês, leitoras ♥!

A primeira leitora a participar do “Dúvida de Leitora” é a Carol, aliás, Carol, obrigada por entrar em contato com a gente, foi graças a você que a nova “aba” surgiu por aqui 🙂

Vamos lá, a pergunta da Carol foi a seguinte:

“Oii meninas, queria uma ajudinha de vocês!!! Vou ser madrinha de casamento agora em outubro, recebi a notícia ontem e não tenho ideia de como ser irreverente, queria alguma coisa que pudesse usar maxi colar!!! Será que eh mt abuso?? Obrigada desde já tá? Beijinhos.”

Carol, sua fofa, abuso jamais! Espero poder sempre ajudar 🙂

Adorei a ideia de ser irreverente fazendo uso do maxi colar! Todo mundo já sabe que maxi-colar virou vício, pra mim, né?! Enfim, sugiro que você escolha um vestido de festa minimalista – com formas retas, mas, claro, bem feminino, cores neutras e sem excesso de informações desnecessárias  – com o colo à mostra, de preferência – como o casamento será em Outubro, já estaremos na Primavera e como neste Inverno o frio não se fez tão presente, imagino que a Primavera seja bem quentinha. – e para valorizar o vestido use um maxi colar bem poderoso e mais alongado. Como se trata de casamento o maxi colar deve ser mais requintado, ou seja, de metal, pedrarias ou, até mesmo, semi jóias. Além do maxi colar caprichado, vale a pena investir na maquiagem e no penteado!

Um exemplo de tal combinação foi usada por Heidi Klum que apostou em um vestido nude longo e deu um ar todo especial a produção com o maxi colar e alguns anéis em pedraria azul, cor que, diga-se de passagem, amo! Percebeu como os pontos de cor deixaram o look mais alegre e mais moderno?

Outros looks de festa com maxi colar para você se inspirar, Carol:

É isso, Carol! Espero ter te ajudado 🙂 E sempre que precisar, sinta-se a vontade!

E vocês, gostaram? Quem quiser participar do “Dúvida de Leitora” é só entrar em contato com a gente pelo email (anddressup@gmail.com) ou pelo nosso Facebook.

Margherita Missoni ♥ Eugenio Amos

Os pombinhos, Margherita Missoni e Eugenio Amos, casaram-se no último final de semana em uma romântica igreja em Brunello, na Itália.

O vestido de noiva de Margherita Missoni, herdeira da grife italiana e ícone de estilo, longo de seda e organza com mangas bufantes de tule e ombro de fora é criação de Valli, mas rolou uma colaboração da família Missoni durante todo o processo, ou seja, o vestido é peça única da colaboração entre a Missoni e a Giambattista Valli. A noiva ainda usou uma tiara, coque e um longo véu. Seu visual ficou em perfeita harmonia com o cenário da festa de casamento.

Margherita trabalha na Missoni criando acessórios. Aliás, acho que como todo mundo, sempre que penso em listras, geometria e cores vibrantes quando me refiro a Missoni.

Após a cerimônia, a família Missoni recebeu os convidados em uma recepção no jardim de casa. A festa foi pouco tradicional, mas a cara da tradicional família Missoni, né?! Cool e gypsy!

E a alegria de Margherita? No mínimo contagiante, né?!